POESIA PARA MUDAR O MUNDO - 2015 - BLOCOS ONLINE
Lourença Lou

LOURENÇA LOU - É mineira, das terras vermelhas de Drummond. Formada em Letras, pós-graduada em Educação e Administração Escolar, trabalhou como professora, coordenadora e diretora de escola de ensino fundamental e médio. Foi presidente de cooperativa educacional e consultora cooperativista. Atualmente é administradora de empresa, poeta, contista e cronista. Já participou de várias coletâneas de poesia e de contos, de sites de crônicas e revistas literárias.
loulourenca@gmail.com

quase-epifania

a cara desta noite
é a mesma de ontem

o alaranjado raivoso
se espalha no horizonte
desenhando no tempo
a acidez das utopias

a noite será a mesma
de todos os milênios

e nós
seremos eternos sísifos
carregando a pedra
das cicatrizes.

sem ti, como existir?

enquanto tu te deixas dormir
ou enredar-se
nas tessituras do tempo
eu morro
:
porque só sei existir
na ousadia da tua sintaxe.

à janela do quarto de dormir

devorando vazios
esqueço-me
numa espera inexistente

lá fora
a madrugada geme
a solidão da rua

alguns dias
não foram feitos para nascer.

Lourença Lou
Capa
Créditos